Sinais de quando você precisa visitar um Neurologista

Você sabe quando visitar um neurologista? A neurologia geral se trata de uma especialidade médica que lida com doenças e desordens no sistema nervoso. Você deve ir para uma clínica de neurologia quando sintomas ou problemas neurológicos ocorrerem.

O médico neurologista é presente em consultórios, prontos-socorros e hospitais de média/alta complexidade. Ele lida com problemas tradicionais, como dor de cabeça e distúrbios do sono, que podem se revelar como problemas mais sérios.

Então, para que serve o neurologista? Prossiga com a leitura do artigo e veja mais sobre!

Para que serve o neurologista?

“O sistema neurológico é responsável pelo comando do corpo, desde as funções mais básicas (como falar) até as mais complexas.”

Para que serve o neurologista? O médico neurologista é responsável por diagnosticar e tratar doenças relacionadas ao sistema nervoso central e periférico. Ele lida com desequilíbrios fisiológicos e com os aspectos químicos e físicos do sistema neurológico.

O trabalho do neurologista começa pelo reconhecimento, por parte do paciente, de algum sintoma diferente no sistema nervoso. Os sintomas podem ser o sinal de alguns dos problemas neurológicos, que só os médicos neurologistas conseguem reconhecer.

Quais são as principais especialidades da neurologia?

A neurologia geral se trata de uma disciplina médica que lida com as doenças neurológicas do sistema nervoso central e periféricos. Dessa forma, se ocupa com uma variedade de casos, que vão dos mais raros aos mais frequentes.

Nisso, surgem diferentes especialidades da neurologia, que vão além da depressão e da ansiedade, que inclusive não são competências dos neurologistas.

Quais são as principais especialidades da neurologia?

  • Movimentos incontroláveis (convulsões e tremores);
  • Epilepsia;
  • Distúrbio de consciência e memória prejudicada;
  • Distúrbio do sono;
  • Vertigem;
  • Síndrome da perna inquieta;
  • Mal de Parkinson;
  • Mal de Alzheimer;
  • Lesão/infecção no cérebro e na medula espinhal;
  • Tumor e hemorragia cerebral;
  • Esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica (conhecida como doença de Lou Gehrig);
  • Neuropatia periférica;
  • Nervos comprimidos;
  • Acidente vascular encefálico;
  • Doenças neurológicas dos nervos e raízes nervosas;

Quando precisa visitar um neurologista? Confira 8 sinais de que você deve ir a uma clínica de neurologia!

Quando você avalia os principais sintomas de problemas neurológicos, é possível dividi-los em 2 grupos: sinais claros de problemas, que não deixam dúvida de que precisa de consulta especializada, e sinais dúbios, que podem ou não indicar um problema.

Para lhe ajudar no diagnóstico, aqui vão alguns sinais mais comuns!

Dor de cabeça

Dor de cabeça se trata do primeiro sintoma a ser observado na clínica neurológica. Mesmo que não pareça um problema sério, se for uma dor muito aguda, repentina e acompanhada de outros sintomas, a visita ao neurologista é recomendada.

Inclusive, é uma visita que deve ser marcada com urgência!

Confusão mental e lapsos de memória

A confusão mental e os lapsos de memória são dois sintomas conjuntos que podem indicar o mal de Alzheimer. Os sintomas possibilitam que o neurologista diagnostique a demência, principalmente se eles são combinados com estresse e insônia.

Porém, nem sempre o estresse e a insônia são vistas com a confusão mental e os lapsos de memória.

Sono alterado

Caso sinta extrema sonolência durante o dia e/ou uma insônia interminável, então talvez o sono alterado seja um dos sintomas de problemas neurológicos. Se o sono não lhe traz repouso, é importante prestar mais atenção e talvez buscar por uma clínica neurológica.

Músculos fracos

Como o sistema neurológico comanda o corpo, a fraqueza dos músculos também pode ser um sinal de que deve ir a uma clínica de neurologia. Se a fraqueza é recorrente, é importante que busque pelo auxílio médico.

Caso sinta uma fraqueza súbita e, aparentemente, sem causa, busque pelo auxílio de maneira imediata, já que pode ser sinal de AVC.

Tontura

A tontura costuma ocorrer em diferentes níveis, mas na neurologia é encarada como vertigem ou desequilíbrio. Se sente como se você ou as pessoas/coisas ao seu redor estivessem girando ou apresenta dificuldade de equilíbrio, busque pelo profissional.

Problemas de visão

Caso sinta uma dificuldade repentina para enxergar, isso pode ser um sinal de que precisa avaliar a sua visão. Se for mais grave do que parece, o seu oftalmologista vai acabar lhe aconselhando que se consulte com um neurologista.

Convulsões

Contraturas involuntárias e súbitas da musculatura acabam gerando movimentos desordenados do corpo. Por isso que devem ser avaliadas numa clínica de neurologia.

Formigamento e dormência

Formigamento e dormência podem significar muitos outros problemas – eles se tornam possíveis sintomas de problemas neurológicos quando se mostram frequentes. Se eles afetarem apenas um lado do corpo, é possível que seja um Acidente Vascular Cerebral.

Conclusão

Como pode ver, a abordagem da neurologia geral permite reconhecer os problemas através de sintomas mais básicos. Dessa forma, mesmo que ache que não seja nada demais a sua dor de cabeça, o neurologista pode revelar um problema.

Então, quando visitar um neurologista? Sempre que sentir os sintomas de maneira muito frequente. Garanta agora a sua vaga e marque a sua consulta na clínica O Doutor, um espaço com preços populares e diversas especialidades médicas.

Por |2022-03-25T17:18:12-03:0025/03/2022|Exame, Neurologista, odoutor, Saúde|Comentários desativados em Sinais de quando você precisa visitar um Neurologista

Compartilhe esta história, escolha sua plataforma!

Ir ao Topo