Clínica Médica O Doutor - Natal/RN

Tudo que você precisa saber sobre câncer de próstata

Home » Tudo que você precisa saber sobre câncer de próstata

Tudo que você precisa saber sobre câncer de próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre o público masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Entre ambos os sexos, também é o segundo tipo mais comum, o que denuncia o volume de casos.

Ele é um tipo de câncer que cresce lentamente e que, geralmente, não gera sintomas em sua fase inicial. Ele pode se desenvolver a partir dos 50 anos, sendo esse o período para buscar o diagnóstico do câncer de próstata.

Se você tem suspeita desse caso, prossiga com a leitura do artigo e entenda mais sobre essa doença!

O que é o câncer de próstata?

“Em 2020, segundo o INCA, foram registrados 65.840 novos casos desse tipo de câncer. Mesmo assim, muitos homens têm medo ou vergonha do exame de próstata.”

A próstata se trata de uma glândula pequena que se localiza na parte baixa do abdômen, sendo presente apenas no homem. Ela se encontra especificamente na frente do reto e abaixo da bexiga, tendo o formato de uma maçã.

Ela envolve a parte inicial da uretra, que é por onde a urina é eliminada. Além disso, a próstata produz parte do sêmen, que é liberado durante o ato sexual.

O câncer, quando ocorre nessa parte do corpo, acaba afetando a capacidade de urinar, de manter uma ereção ou de ejacular. Ele pode ocorrer a partir dos 50 anos, mas também pode surgir aos 45 se houver histórico familiar ou descendência africana.

Qual é o estadiamento do câncer de próstata?

Estadiamento se trata do processo que determina a localização (e o tamanho) do câncer presente no corpo. O estadiamento do câncer de próstata ocorre da seguinte forma:

  • No T0, não há evidências do tumor;
  • No T1, o tumor não é identificado por exame de imagem ou palpação;
  • No T2, o tumor principal se encontra apenas na próstata;
  • No T3, o tumor também afeta a cápsula prostática e também pode atingir as vesículas seminais;
  • No T4, estruturas próximas são invadidas pelo tumor, como o reto, o esfíncter e os músculos;
  • No N0, não há metástases nos nódulos linfáticos que se encontram próximos da próstata;
  • No N1, há metástases nos nódulos linfáticos;
  • No M0, não metástases longe da próstata;
  • No M1, há metástases em outros órgãos, ossos ou nódulos linfáticos mais distantes.

Quais são as possíveis causas do câncer de próstata?

Há diferentes causas do câncer de próstata, mas não é possível definir uma causa específica. O que pode ser definido são os fatores que geram maior risco de desenvolvimento do câncer:

  • Ter um parente de primeiro grau com histórico de câncer de próstata;
  • Apresentar 50 anos ou mais;
  • Ter uma dieta pouco equilibrada ou exagerada em gorduras ou cálcio;
  • Sofrer de obesidade/excesso de peso;
  • Ser exposto a aminas aromáticas, arsênio, produtos de petróleo, motor de escape de veículo, HPA, fuligem e dioxinas.

Obs: homens afro-americanos apresentam 2x mais chances de desenvolver câncer de próstata. Por esse motivo que é recomendado a busca pelo diagnóstico a partir dos 45 anos.

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

Na sua fase inicial, o câncer é silencioso, não havendo sinais visíveis. Quando surgem os sintomas do câncer de próstata, eles são semelhantes aos do crescimento benigno da glândula:

  • Dificuldades para urinar;
  • Vontade frequente e repentina de urinar, além da sensação de bexiga cheia após ter urinado.

É importante que se consulte com um profissional após notar alguns dos sintomas do câncer de próstata. Nem sempre se trata desse problema, já que também pode ser prostatite ou hipertrofia benigna da próstata.

E quais são os sintomas do câncer de próstata avançado?

Os sintomas do câncer de próstata avançado são bem mais visíveis, pois a próstata está maior e o câncer mais desenvolvido. Eles são:

  • Impotência ou dificuldade de manter uma ereção;
  • Sensação de dor ao urinar ou ejacular;
  • Presença de sangue na urina ou no sêmen;
  • Dor nos testículos ou na região próxima do ânus;
  • Incontinência urinária ou fecal.

Se o problema já tiver se espalhado pelo corpo, outros sintomas do câncer de próstata avançado podem surgir: dor constante nas costas, pernas mais fracas, insuficiência renal e infecção generalizada.

Como realizar o diagnóstico do câncer de próstata?

Como não há sintomas visíveis na fase inicial da doença, é recomendada a busca pelo diagnóstico do câncer de próstata a partir dos 45-50 anos. Há dois tipos de exame de próstata que são realizados: o toque retal e o exame de sangue PSA.

No toque retal, o médico analisa o tamanho e a superfície da próstata introduzindo o dedo indicador no ânus do paciente. Se ele apalpar algum nódulo, alguns pedaços da glândula serão retirados para uma biópsia.

A mesma coisa é feita se o exame de sangue PSA apresentar resultados muito alterados.

E qual é o tratamento desse câncer?

Se confirmada a doença, é indicado por um urologista ou proctologista um tratamento para o câncer. O tratamento varia de acordo com a idade, gravidade do câncer, expectativa de vida do paciente e a presença de doenças associadas.

Os mais comuns são:

  • Prostatectomia, que consiste na retirada total da próstata;
  • Radioterapia, que aplica radiação para eliminar as células de câncer;
  • Tratamento hormonal, que utiliza de remédios para a regulação da produção dos hormônios masculinos, a fim de aliviar os sintomas.

Você tem o risco de desenvolver o câncer de próstata?

Quanto mais cedo é detectado o câncer, mais fácil é o tratamento. Mesmo que não apresente os fatores de risco, é importante que busque pelo diagnóstico a partir dos 50 anos.

Na nossa clínica, você encontra o proctologista que pode realizar o exame para identificar o problema. Agende sua consulta agora e saiba se você apresenta algum sinal para o câncer de próstata!

By |2021-11-01T16:53:00-03:0025/10/2021|Câncer, Câncer de Próstata, odoutor, Saúde, Tratamento|Comentários desativados em Tudo que você precisa saber sobre câncer de próstata

About the Author:

Go to Top