Clínica Médica O Doutor - Natal/RN

O que você precisa saber sobre câncer de mama

Home » O que você precisa saber sobre câncer de mama

O que você precisa saber sobre câncer de mama

O câncer de mama é um problema que afeta a vida de várias pessoas no mundo – e não só mulheres. Segundo pesquisa da Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), o câncer de mama é um dos três tipos de maior incidência.

O câncer de mama no Brasil é o tipo que mais ocorre em mulheres. Em 2019, foram estimados cerca de 59.700 casos novos – basicamente, uma taxa de 51,29 casos a cada 100 mil mulheres.

Contudo, apesar de ser tão recorrente, muitas pessoas simplesmente não conhecem os diferentes tipos de câncer de mama. Para entender mais sobre o assunto, prossiga com a leitura do artigo!

O que é o câncer de mama?

“O câncer de mama no Brasil é um problema que demanda bastante atenção. Para resolvê-lo sem dificuldades, é necessário diagnosticá-lo previamente.”

O câncer de mama se trata de uma doença que ocorre pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que formam um tumor. Dependendo do tipo, pode apresentar um desenvolvimento rápido ou lento.

As células mais afetadas por esse problema são as que revestem os ductos mamários ou as que estão presentes nos lóbulos das glândulas mamárias.

Quais são os tipos de câncer de mama?

Os principais tipos de câncer de mama são:

  • Carcinoma ductal in situ (CDIS): tipo de câncer em fase inicial que se desenvolve nos ductos. Apresenta alta chance de cura;
  • Carcinoma lobular in situ (CLIS): também em fase inicial, mas se encontra nas glândulas mamárias. É pouco agressivo, então pode ser facilmente tratado;
  • Carcinoma ductal invasivo (CDI): tipo mais comum, significa que o câncer está numa fase avançada, tendo se iniciado na glândula mamária e depois espalhado para fora. Pode criar metástases;
  • Carcinoma lobular invasivo (CLI): mais raro e também mais difícil de identificar. Pode ser relacionado com o aparecimento do câncer no ovário;
  • Carcinoma inflamatório da mama: também muito raro, mas bastante agressivo quando surge.

Quais são as causas do câncer de mama?

Ao investigar as causas do câncer de mama, é possível perceber que não há um motivo único. Diversos fatores podem aumentar o risco de desenvolvimento da doença, como:

  • Fatores endócrinos: história de menarca precoce, menopausa tardia, primeira gravidez após os 30 anos, uso de contraceptivos orais, nuliparidade e terapia de reposição hormonal pós-menopausa;
  • Fatores comportamentais ou ambientais: ingestão de bebida alcoólica, sobrepeso e obesidade após a menopausa, exposição à radiação ionizante e tabagismo;
  • Fatores genéticos ou hereditários: histórico de câncer de mama em familiares consanguíneos (principalmente na juventude) ou de câncer de ovário.

Quem pode ter o câncer de mama no Brasil?

Qualquer pessoa pode desenvolver o câncer de mama. Mesmo que o comum seja que ocorra nas mulheres, homens também correm o risco. Os fatores de risco são a idade acima de 50 anos, histórico familiar e estilo de vida mais sedentário.

Quais são os sintomas do câncer de mama?

Um dos principais sintomas do câncer de mama é o surgimento de um nódulo indolor, duro e irregular próximo ao mamilo. Contudo, é importante apontar que há tumores de consistência branda, que são globosos e bem definidos.

Por isso que deve prestar atenção nos outros sintomas do câncer de mama:

  • Alteração na forma ou cor do mamilo;
  • Alteração na forma ou cor da aréola;
  • Alterações na pele da mama (pele mais vermelha ou mais dura);
  • Inchaço ou alteração no tamanho de uma das mamas;
  • Liberação de líquido pelo mamilo;
  • Coceira constante no mamilo ou na mama;
  • Formação de crosta ou ferida na pele próxima ao mamilo;
  • Inchaço ou caroços na região das ínguas da axila;
  • Sulco presente na mama;
  • Veia mais facilmente observáveis e que ficam aumentando de tamanho.

Como é realizado o diagnóstico do câncer de mama?

Ao ser notado alguns dos sintomas, é necessário realizar o diagnóstico do câncer de mama. Nele, é feito um exame físico e o levantamento do seu histórico familiar, médico e pessoal, além de possivelmente exames como:

  • Mamografia;
  • Ressonância magnética;
  • Ultrassom na região das mamas;
  • Biópsia.

Se identificado o câncer, outros exames podem ser realizados!

É importante o diagnóstico precoce do câncer de mama?

O diagnóstico precoce do câncer de mama é uma forma de prevenção secundária, pois identifica os sintomas iniciais do problema. Através dele, é possível terapias mais simples e você evita que o câncer se torne mais avançado.

Para identificar o problema precocemente, realize a observação e autopalpação das mamas. Além disso, é possível realizar a mamografia de rastreamento.

Qual é o tratamento para câncer de mama?

O tratamento do câncer de mama depende do estágio da doença e do tipo de tumor identificado. Dentre os tratamentos específicos, é possível realizar:

  • Quimioterapia, que pode ser realizada antes ou depois da cirurgia do câncer de mama;
  • Radioterapia, que destrói ou inibe o crescimento das células cancerígenas;
  • Hormonioterapia, que suprime o fornecimento de estrogênio às células tumorais;
  • Terapia alvo, que ataca parte das células cancerígenas.

Se for necessária a retirada de parte da mama, será realizada uma cirurgia do câncer de mama. A mais conservadora é a quadrantectomia, que retira apenas uma parte, enquanto a mastectomia retira a mama inteira.

Como prevenir o câncer de mama?

Como prevenir o câncer de mama? Por meio da alimentação adequada, da nutrição e da atividade física, é possível reduzir o risco do câncer de mama em até 28%. Além disso, é recomendado evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Mas se você apresenta os sinais do câncer de mama, não se preocupe. Na nossa clínica médica, você terá o ultrassom de mama (para diagnosticar) e um profissional mastologista (para tratar). Agende a sua consulta agora e trate do problema enquanto é cedo!

LSI: câncer de mama tipos, sintomas de câncer de mama, câncer de mama no Brasil.

Palavras-chave secundárias: causas do câncer de mama, diagnóstico câncer de mama, diagnóstico precoce câncer de mama, tratamento câncer de mama, cirurgia câncer de mama, como prevenir câncer de mama.

2021-10-18T20:27:18-03:00
Go to Top