(84) 98726-2445   Av. Nevaldo Rocha, 3545 - Lagoa Seca, Natal - RN, 59022-385

Segunda a sexta-feira, 7h-18h - Sábados, 7h-12h

BlogExameInfecção Urinária: conheça os mitos e verdades sobre ela

Infecção Urinária: conheça os mitos e verdades sobre ela

Infecção Urinária Conheça Os Mitos E Verdades Sobre Ela

Infecção urinária é algo muito comum tanto em homens quanto mulheres. Entretanto, nas mulheres esse problema acaba sendo mais frequente, devido a proximidade acentuada entre a vagina com o ânus, que expõe a genitália feminina a diversas bactérias patogênicas do trato intestinal.

Dependendo da região de infecção, diferentes nomes são dados ao problema: uretrite (uretra), cistite (bexiga) ou pielonefrite (rins).

Essa infecção é um problema de saúde comum na população brasileira, já que estamos falando de uma contaminação oriunda de bactérias que já habitam nosso organismo. Inclusive, em muitos casos essa infecção passa despercebida e o corpo consegue combater sozinho, sem necessidade de uma intervenção externa como medicamentos.

Porém, quando não tratadas corretamente, elas podem aparecer de maneira mais frequente e ocasionar maiores problemas no corpo.

Nesse artigo vamos te explicar mais sobre os casos mais frequentes das infecções urinárias, como evitar, além dos mitos e verdades, continue lendo!

Casos mais frequentes de infecção urinária

  • Em mulheres: devido a uretra feminina ser mais curta do que a do homem, além de sua proximidade com a região anal, o que deixa mais suscetível ao contato com as bactérias intestinais.
  • Em mulheres no período de menopausa, devido a queda das taxas de estrógeno, hormônio que protege o trato urinário.
  • Pessoas com diabetes descontrolado: devido às alterações causadas pelas altas taxas de açúcar no organismo que caracterizam a doença.
  • Homens após os 50 anos: podem se contaminar mais facilmente devido ao crescimento da próstata, que tem como consequência a retenção urinária na bexiga.
  • Após relações sexuais: devido aos micro traumas que uretra sofre durante a relação (algo completamente normal).

Sintomas da infecção urinária

Os sintomas das infecções urinárias compreendem:

  • Dor ou queimação ao urinar ou no ato sexual;
  • Urina escura e frequentemente com forte odor;
  • Baixa quantidade de urina;
  • Sensação de peso na bexiga;
  • Vontade recorrente de urinar;
  • Febre;
  • Sangramento na urina.

Recomendações para evitar ter uma infecção urinária

  • Beber muita água, o líquido auxilia a expelir as bactérias da uretra e da bexiga;
  • Não reter urina na bexiga;
  • Urinar após relações sexuais;
  • Ter atenção aos cuidados higiênicos, mantendo limpas as regiões da vulva e do ânus. Lembre-se de sempre passar o papel higiênico de frente para trás após evacuar;
  • Higienizar as regiões íntimas em excesso podem prejudicar o equilíbrio da flora intestinal;
  • Evitar roupas íntimas muito justas ou que retenham calor e umidade, porque facilitam a proliferação das bactérias;
  • Trocar os absorventes com frequência, para evitar a proliferação de bactérias.

Mitos e verdades sobre a infecção urinária

  1. É possível se contaminar com as bactérias no banheiro?
    Resposta: Não! As bactérias causadoras do problema (geralmente são as Escherichia coli) vivem em nossos organismos.
  2. Infecções urinárias podem atacar os rins?
    Resposta: Sim. A demora no tratamento, ou o tratamento realizado de maneira indevida, podem evoluir para quadros de pielonefrite.
  3. Suco de Cranberry ajuda a prevenir a infecção?
    Resposta: Sim. Estudos indicam que o cranberry pode diminuir a adesividade bacteriana, ou seja, sua tendência a proliferar no trato urinário. Mas lembre-se de que sucos de fruta possuem açúcar e o seu consumo exagerado também não é indicado.
  4. Lavar mais vezes as regiões íntimas evita a infecção.
    Resposta:
    Não! É importante manter as regiões íntimas higienizadas, porém a limpeza em excesso desorganiza a flora bacteriana local.
  5. Idosos são mais vulneráveis a infecções urinárias?
    Resposta:
    Sim. A incontinência urinária é um problema comum em idosos e o uso de fraldas de contenção podem ajudar na proliferação de bactérias. Além disso, a queda na imunidade devido a velhice e maior incidência de diabetes também são causadores.
  6. Todo ardor ao urinar indica infecção urinária?
    Resposta:
    Não! Segundo estudos, apenas 20% dos motivos de dor e ardor estão relacionados à infecção urinária. Esse sintoma pode estar relacionado a infecções ginecológicas, irritações ou traumatismo local.

Agora que você entende melhor a causa e como se cuidar para evitar ter infecções urinárias, ficou mais fácil de cuidar da sua saúde. Ainda assim, o acompanhamento médico tanto ao urologista quanto ao ginecologista com frequência são muito importantes, inclusive para evitar outras doenças.

Na Clínica O Doutor, você encontra os especialistas que você precisa para fazer o check-up de saúde do seu corpo com valores justos e atendimento humanizado. Agende a sua consulta e cuide de você!


  • Inicial
  • Quem Somos
  • Especialidades
  • Exames
  • Blog
  • Contato