(84) 98726-2445   Av. Nevaldo Rocha, 3545 - Lagoa Seca, Natal - RN, 59022-385

Segunda a sexta-feira, 7h-18h - Sábados, 7h-12h

BlogodoutorSíndrome de Burnout (estresse no trabalho): quais os sintomas e dicas de como evitar

Síndrome de Burnout (estresse no trabalho): quais os sintomas e dicas de como evitar

Síndrome De Burnout

Nos últimos anos a quantidade de trabalho durante a jornada só vem aumentando devido a diversos fatores: crise econômica, crescimento da tecnologia, aceleração dos processos e aumento da concorrência. A realidade é que estamos trabalhando muito mais do que há anos atrás, mesmo que a carga horária permaneça a mesma, em teoria. 

Hoje, é comum um funcionário exercer funções de 3 ou 4 pessoas em uma organização, aumentando a sobrecarga de trabalho e gerando mais estresse, como consequência. Além disso, a ansiedade de ter que se manter em um emprego devido a crise econômica também contribui para estes sintomas. 

Diante de tudo isso, você sabe o que é a Síndrome de Burnout? Continue neste artigo que vamos te explicar os sintomas e dicas de como levar sua vida profissional mais leve, sem que afete a sua saúde física e mental. 

Síndrome de Burnout: o que é? 

O termo “burnout” foi inventado na década de 1970 pelo psicólogo norte-americano, nascido em Frankfurt na Alemanha, Herbert Freudenberger. Assim, ele usou isso para descrever as consequências do estresse severo e esgotamento profissional, principalmente nas profissões da saúde na época. 

Não há uma definição clara de o que é e quais sintomas essa síndrome pode causar, já que é algo muito particular de cada profissional e do ambiente de trabalho em que estão inseridos. Mas, de certa forma, os sintomas sempre beiram as características de esgotamento, falta de energia e ansiedade

Os efeitos negativos dessa sobrecarga podem ser notados tanto no ambiente profissional, quanto em casa ou na vida social: é um estado de esgotamento emocional, mental e físico causado pelo estresse excessivo e prolongado. Inegavelmente, ocorre quando você se sente oprimido, emocionalmente drenado, e incapaz de atender às constantes demandas.

Com a exposição excessiva de estresse, a pessoa começa a perder a motivação em seu trabalho e seu desempenho começa a despencar. Ou seja, a Síndrome de Burnout reduz a produtividade e a energia, deixando você se sentindo cada vez mais indefeso, desesperançado e ressentido. Eventualmente pode desenvolver sintomas de depressão.

Como saber se estou no caminho para sofrer um Burnout? 

  • Todos os dias é um dia ruim, difícil para exercer suas atividades rotineiras;
  • Cuidar de sua vida profissional ou doméstica parece ser muito difícil e um gasto elevado de energia;
  • Você está extremamente cansado o tempo todo;
  • Sente dificuldades para dormir ou ter um sono de qualidade (costuma sonhar com o trabalho); 
  • A maioria do seu dia é gasto em tarefas que você considera entediante;
  • Você sente que nada que você faz é reconhecido.

Sintomas físicos e emocionais do Burnout

  • Cansaço e esgotamento físico e mental (neste último caso, alterações de húmor com frequência podem ser um sintoma);
  • Imunidade diminuída, aumentando a exposição a doenças com mais frequência;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Dores musculares;
  • Alteração no apetite ou hábitos de sono.
  • Sentimento de fracasso e dúvidas sobre seu desempenho;
  • Sentindo-se indefeso, preso e derrotado;
  • Perda de motivação;
  • Falta de perspectiva em seu ambiente de trabalho; 
  • Diminuição da satisfação e do sentimento de realização.

É importante enfatizar que o Burnout não é um simples estresse devido a um problema no cotidiano: ele pode ir muito além disso, mexendo com o comportamento físico e psicológico de uma pessoa devido a problemas na vida profissional, que podem ser levados para todas as outras áreas da vida. Dessa forma, ele se caracteriza por profundo sentimento de frustração e exaustão em relação ao trabalho desempenhado e significa sentir-se vazio, desprovido de motivação e abandonado. 

Dicas de como evitar ou lidar com o Burnout

  • Veja o seu trabalho apenas como o seu trabalho
    Muitos profissionais modernos estão dando tudo de sua vida pelo seu emprego, o que é entendível devido a situação social em que estamos. Porém, isso em excesso pode causar todos esses sintomas e acabar sendo um tiro no pé, já que afetará a sua produtividade. Por isso, aprenda a enxergar o seu trabalho como apenas isso e não leve trabalho para casa.
  • Procure um emprego que você ama
    Sabemos que essa dica é um pouco mais complicada, já que não é algo simples de se encontrar. Porém, sempre é válido a dica de ficar de olho no mercado e procurar vagas em empresas que possuem um perfil parecido com o seu.
  • Procure ajuda de um psicólogo
    Sessões de terapia irão ajudá-lo a ampliar o autoconhecimento e ressignificar algumas atitudes. Muitas vezes, o seu psicólogo pode propor algumas alterações no seu estilo de vida, como uma forma de canalizar o estresse.
  • Procure fazer algo que lhe brilhe os olhos
    O famoso hobbie, aquilo que você faz e que sente prazer em fazer.
  • Tente fazer amizades no trabalho
    É fato que trabalhar em um local onde se tem amigos pode fazer com que o ambiente seja mais descontraído, tirando toda essa tensão. Por isso, procure fazer amizades no seu trabalho. 

Agora você entendeu o que significa o Burnout e como ele pode afetar de diversas maneiras o cotidiano e vida de uma pessoa. Por isso, se você conhece alguém que esteja passando por isso ou se você mesmo tenha se identificado com os sintomas, é de extrema importância procurar a ajuda de um psicólogo.

Na Clínica O Doutor, você encontra profissionais especializados e determinados em melhorar o seu estilo de vida. Agende a sua consulta e comece a cuidar melhor da sua saúde!


  • Inicial
  • Quem Somos
  • Especialidades
  • Exames
  • Blog
  • Contato