Primeira consulta ao pediatra: saiba quando ir e quais perguntas fazer

Os primeiros meses de vida de um recém nascido é marcado pelo acompanhamento direto com um médico especialista, que no caso é o pediatra. Esse acompanhamento é de extrema importância para a saúde e desenvolvimento do bebê e por isso é sempre recomendado que, durante os primeiros 12 meses de vida, pelo menos uma consulta por mês seja feita.

Nessa consulta vários exames e testes são feitos, desde o primeiro encontro, todos com o objetivo de verificar se há alguma alteração no desenvolvimento da criança.

Mas a dúvida de como será a primeira consulta, quando ir e o que perguntar ao pediatra assombra muitos pais e mães de primeira viagem. Acompanhe mais esse artigo que vamos explicar tudo!

Quando é a primeira consulta e o que levar?

Geralmente a primeira consulta do recém-nascido é indicada logo em sua primeira semana de vida, entre os primeiros 7 a 10 dias. Em muitos casos, essa é a primeira saída do bebê após ser liberado da maternidade.

Essa primeira consulta deve ser feita logo nos primeiros dias de vida pois vários testes com o intuito de verificar como está o desenvolvimento da criança são realizados. O quanto antes descobrir qualquer tipo de anomalia, melhor.

Nesse primeiro encontro é imprescindível levar a carteira de vacinação da criança e os dados da maternidade, onde se encontram informações como: peso, estatura, tipo sanguíneo, teste do olhinho e da orelhinha, nível de icterícia, perímetro do encéfalo e do tórax, entre outros testes que foram feitos ainda na maternidade.

Como é a primeira consulta?

A primeira consulta ao pediatra é o primeiro momento de troca entre os pais e o médico da criança. Nesse encontro, é importante ir com várias dúvidas e questionamentos. Uma dica é ir anotando, conforme os primeiros dias com a criança, todas as suas dúvidas que foram surgindo. Também é de extrema importância que todos os responsáveis diretos da criança compareçam a essa consulta e se possível a todas as outras, principalmente nos primeiros meses.

O pediatra pode fazer vários questionamentos nessa consulta, como:

  • ingestão de leite (para saber se a criança bebeu somente leite materno ou precisou de fórmula);
  • adaptação da criança à mãe;
  • como a amamentação tem sido realizada;
  • se o bebê ficou sob investigação na maternidade após seu nascimento, como ocorre quando há icterícia;
  • alimentação da mãe;
  • hábitos de sono.

Também nessa primeira consulta o pediatra fará alguns testes de diagnósticos do bebê, como:

Teste da Cabeça: nesse teste o especialista toca levemente a parte superior e inferior da cabeça do bebê para examinar as fontanelas (popularmente conhecidas como moleiras). O teste é complementado com a medida do perímetro do crânio. Esse procedimento é muito importante para verificar possíveis alterações que podem ser causadas devido a hidrocefalia.

Teste de Ortolani: o pediatra realiza esse teste flexionando as perninhas do bebê e movimentando o seu quadril, afim de verificar as movimentações das articulações da criança.

Batimentos Cardíacos: é um procedimento padrão inclusive nos adultos, para verificar se os batimentos cardíacos da criança estão dentro da normalidade.

Outros testes também podem ser feitos de acordo com cada pediatra ou a pedido dos pais do recém-nascido, por isso ir preparado para a primeira consulta é de suma importância.

Quais perguntas fazer nessa primeira consulta?

Como falamos, qualquer tipo de dúvida que aparecer deve ser levado ao médico do seu bebê e por isso é sempre importante ir anotando para não cair no esquecimento. Entretanto, há alguns questionamentos padrões que todos os pais de primeira viagem costumam ter, como:

  • Como cuidar do umbigo do bebê: o coto após alguns dias do parto resseca e cai. Para que o processo de cicatrização seja bem sucedido, é importante higienizar com álcool 70% depois dos banhos e ao trocar as fraldas do bebê.
  • Importância da amamentação: o leite materno é muito importante para a saúde e desenvolvimento do bebê, além de proteger a criança de possíveis infecções e alergias. Ele também ajuda a fortalecer o laço entre mãe e filho.
  • Como aliviar as cólicas do recém-nascido: elas são muito comuns e podem ser aliviadas com a amamentação e compressas mornas. É importante pegar dicas com o pediatra de como aliviar e fazer as compressas.
  • Quando a criança pode começar a se alimentar de outras coisas além do leite: isso também depende da recomendação de seu pediatra, porém costuma ser indicado após os primeiros 6 meses, apenas alimentos moles como frutas e legumes em consistência pastosa. É importante que essa alimentação complementar seja feita de acordo com a aceitação da criança também.


Deu para entender o nível de importância do acompanhamento pediátrico para a saúde do bebê, né? É importante ressaltar que todas as consultas são muito importantes e a recomendação é que, pelo menos durante os primeiros 12 meses de vida, esse encontro seja feito mensalmente.

Durante todas as consultas vários testes serão feitos e dúvidas dos pais vão surgindo, por isso que a troca com o especialista é muito recomendado para que a criança tenha um desenvolvimento saudável.

Está com dúvidas de como encontrar um pediatra? Aqui na Clínica O Doutor você encontra uma equipe especializada para cuidar de você e do seu filho de forma humanizada e tirando todas as suas dúvidas!

Por |2022-08-03T22:39:19-03:0003/08/2022|Exame, odoutor, Pediatria, Saúde|Comentários desativados em Primeira consulta ao pediatra: saiba quando ir e quais perguntas fazer

Compartilhe esta história, escolha sua plataforma!

Ir ao Topo